Concurso de Reportagem: Inscrições Prorrogadas

Informamos que as inscrições para o I Concurso de Reportagem da Rede Juruena Vivo foram prorrogadas até o dia 19 de setembro. Serão aceitas matérias publicadas até o dia 18 de setembro.

O concurso vai premiar as três melhores reportagens que abordem o tema da instalação de empreendimentos hidrelétricos e os direitos das populações direta ou indiretamente afetadas.

O objetivo do concurso é incentivar uma abordagem mais crítica sobre as consequências socioambientais da instalação de hidrelétricas, além de ampliar os olhares sobre a importância da integridade dos rios na garantia de um desenvolvimento verdadeiramente sustentável.

Acesse o regulamento na página Concurso de Reportagem.

Prorrogado

Concurso de Reportagem – Para Sindjor, essa é uma grande oportunidade para os jornalistas

As inscrições para o I Concurso de Reportagem da Rede Juruena Vivo encerram dia 1º de setembro. Corra e faça a sua!

Cartaz REDES SOCIAIS

Por Carla Ninos/OPAN

Cuiabá (MT) – Faltam poucas semanas para o encerramento das inscrições do I Concurso de Reportagem da Rede Juruena Vivo, que vai premiar as melhores matérias de telejornalismo, jornalismo online e impresso sobre o tema “Hidrelétricas e direitos humanos”.

O Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso (Sindjor/MT) é parceiro da Rede Juruena na promoção do concurso que visa incentivar uma abordagem mais crítica sobre as consequências socioambientais da instalação de empreendimentos hidrelétricos nas bacias dos rios Juruena e Teles Pires, formadoras do rio Tapajós, além de ampliar os olhares sobre a importância da integridade dessas regiões na garantia de um desenvolvimento verdadeiramente sustentável.

Priscila Mendes Pedroso, membro da Junta Administrativa do Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso (Sindjor/MT), que tem 10 anos de carreira e há cinco integra a diretoria do Sindjor/MT, conta que o sindicato “incentiva todo e qualquer concurso que estimule a produção de notícias, especialmente quando se trata de empreendimentos energéticos, pela preocupação com os recursos ambientais”.

O tema do concurso, ‘hidrelétricas e direitos humanos’, não costuma aparecer na pauta diária dos principais meios de comunicação de Mato Grosso. Para Priscila Mendes, “o jornalismo diário precisa despertar para a importância de se aprofundar em temas que nem sempre são prioritários para a linha editorial dos veículos de comunicação. É necessário, portanto, continuar trabalhando para mudar esse paradigma”.

O concurso vai premiar os três primeiros colocados de cada categoria, com os seguintes valores: primeiro lugar receberá R$ 2.500 (dois mil e quinhentos reais), o segundo ficará com R$ 1.000 (mil reais) e o terceiro será premiado com R$ 500 (quinhentos reais).

O concurso de reportagem é uma grande oportunidade para os profissionais da comunicação elaborarem materiais mais completos, com profundidade e qualidade. Portanto, “é muito importante que os jornalistas de Mato Grosso se programem para participar deste espaço”, finaliza Priscila Mendes.

O concurso de reportagem é uma realização da Rede Juruena Vivo em parceria com Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso (Sindjor-MT), Operação Amazônia Nativa (OPAN), Instituto Centro de Vida (ICV), Grupo Aacuarela, Associação dos Moradores e Veranistas de Fontanillas, International Rivers, Misereor e Embaixada da Noruega.

Para mais informações sobre o concurso e seu regulamento acesse o site da Rede Juruena Vivo.

Serviço:

Concurso de Reportagem da Rede Juruena Vivo

Inscrições: 1º de maio a 1º de setembro de 2016

Endereço: Avenida Ipiranga, 97, bairro Goiabeira

Contato: (65) 3322-2980

E-mail: redejuruenavivo@gmail.com

Rede Juruena abre inscrições para concurso de reportagem

Com o tema “hidrelétricas e direitos humanos”, o concurso terá premiação em dinheiro. As inscrições vão até o dia 1º de setembro de 2016.

Cartaz REDES SOCIAIS

Por Carla Ninos/OPAN

O I Concurso de Reportagem da Rede Juruena Vivo vai premiar as melhores matérias de telejornalismo, jornalismo online e jornalismo impresso sobre o tema: “Hidrelétricas e direitos humanos” com foco nas bacias do Juruena e Teles Pires. Jornalistas, com atuação no estado de Mato Grosso, estarão aptos a concorrer com reportagens veiculadas no período de 1º de janeiro a 1º de setembro de 2016.

O objetivo do concurso é incentivar uma abordagem mais crítica sobre as consequências socioambientais da instalação de empreendimentos hidrelétricos nas bacias do Juruena e Teles Pires, formadoras do Tapajós, além de ampliar os olhares sobre a importância da integridade dessas regiões na garantia de um desenvolvimento verdadeiramente sustentável.

Os três primeiros colocados de cada categoria receberão premiações em dinheiro, com os seguintes valores: primeiro lugar receberá o valor de R$ 2.500 (dois mil e quinhentos reais), o segundo lugar receberá o valor de R$ 1.000 (mil reais) e o terceiro lugar receberá o valor de R$ 500 (quinhentos reais).

Vista aérea da Bacia do rio Juruena. Foto: Thiago Foresti.

Vista aérea do rio Juruena. Foto: Thiago Foresti.

A Rede Juruena Vivo é formada por organizações da sociedade civil, agricultores familiares, indígenas, estudantes, acadêmicos, coletivos (associações comunitárias e fóruns de mobilização social), servidores públicos e empresas que desejam colaborar com as iniciativas de fomento ao desenvolvimento sustentável, potencializar a produção de notícias de qualidade sobre direitos humanos e dar visibilidade à importância da integridade das bacias dos rios Juruena e Teles Pires.

O concurso de reportagem é uma realização da Rede Juruena Vivo em parceria com Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso (Sindjor-MT), Operação Amazônia Nativa (OPAN), Instituto Centro de Vida (ICV), Grupo Aacuarela, Associação dos Moradores e Veranistas de Fontanillas, International Rivers, Misereor e Embaixada da Noruega.

Para mais informações sobre o concurso e seu regulamento acesse o site da Rede Juruena Vivo.

 

Serviço:

Concurso de Reportagem da Rede Juruena Vivo

Inscrições: 1º de maio a 1º de setembro de 2016

Endereço: Avenida Ipiranga, 97, bairro Goiabeira

Contato: (65) 3322-2980

E-mail: redejuruenavivo@gmail.com